recomendar este canal

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola

 Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola
Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola
ver Links Links relacionados
Crédito Agrícola e INOVISA

Data limite: 2017-07-24

O Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola 2017 é um concurso que resulta da conjugação de vontade e esforços da Caixa Central de Crédito Agrícola com a colaboração da Associação para a Inovação e o Desenvolvimento Empresarial.

 

Objetivo

Elegibilidade

Como participar

Critérios de avaliação

Júri

Prémio

Fonte oficial

 


 

Objetivo

 

Contribuir de forma efectiva para a disseminação de uma cultura de empreendedorismo e inovação nos sectores agrícola, agroindustrial e florestal em Portuga seleccionando, divulgando e premiando as entidades e projectos de carácter inovador nas seguintes categorias:

  • Cereais;
  • Floresta;
  • Hortofruticultura;
  • Produção Animal;
  • Inovação em Colaboração.

 


topo

Elegibilidade

 

O concurso é público. O prémio destina-se a pessoas colectivas ou entidades equiparadas (Empresário individual, Sociedade, Associação, Fundação, Organização Não Governamental, Entidade do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, Organismo da Administração Pública).

 

À categoria de Inovação em Colaboração, apenas se podem candidatar projectos de inovação promovidos por mais do que uma pessoa colectiva ou entidades equiparadas.

 

Todas as candidaturas concorrentes deverão ser originais, sendo os promotores ou os representantes legais responsáveis pela sua autoria e, caso existam, pela detenção dos direitos de propriedade intelectual e/ou industrial.

 


topo

Como participar

 

As candidaturas devem ser realizadas através de um formulário até às 18h00 do dia 24 de julho de 2017. Cada candidato poderá ainda enviar por e-mail (link@inovisa.pt) outros documentos que considere relevantes para o processo de avaliação (ex: fotografias, vídeos, artigos, notícias, etc).

 


topo

Critérios de avaliação

 

A avaliação dos projetos será feita de acordo com os seguintes critérios:

  • Grau de inovação: carácter distintivo e potenciais vantagens comparativas relativamente à concorrência, actual ou emergente, em termos nacionais e/ou internacionais;adequação da solução proposta ao problema que se pretende resolver.
  • Potencial de mercado: dimensão do mercado alvo, escalabilidade do negócio e potencial de internacionalização
  • Sustentabilidade: desempenho em termos económicos, sociais e ambientais.

 


topo

Júri

 

O Júri do concurso será constituído por sete elementos base:

  • Licínio Pina, Crédito Agrícola (Presidente Júri);
  • Luís Mira da Silva, INOVISA;
  • Renato Feitor, Crédito Agrícola;
  • José Vale, IAPMEI;
  • Custódia Correia, Rede Rural Nacional - DGADR;
  • Firmino Cordeiro, Associação de Jovens Agricultores de Portugal;
  • Aldina Fernandes, Confagri.

 

Para além dos elementos base, o Júri do concurso será ainda constituído pelos seguintes elementos adicionais, diferenciados por cada categoria:

  • Cereais - Tiago Silva Pinto, ANPROMIS;
  • Floresta - Nuno Calado, UNAC;
  • Hortofruticultura - Carmo Martins, COTHN;
  • Produção Animal - Eduardo Jorge Mira Cruz, ACBM;
  • Inovação em Colaboração:
    • Nuno Canada, INIAV;
    • João Mendes Borga, Rede Nacional de Incubadoras.

 

Os elementos adicionais do Júri só poderão votar nas categorias para as quais se encontrem indicados.

 


topo

Prémio

 

O vencedor de cada uma das cinco categorias receberá um prémio que inclui:

  • A quantia de 5.000,00 € (cinco mil euros), que será depositada em conta de depósito à ordem na titularidade do(s) proponente(s) da candidatura vencedora, conta essa aberta em agência do Crédito Agrícola à escolha do vencedor;
  • Atribuição, após aprovação comercial e de risco, de condições preferenciais em linhas de financiamento, bem como outras condições casuísticas em produtos e serviços financeiros do Crédito Agrícola;
  • Elaboração de vídeo promocional;
  • Divulgação do premiado em órgãos de comunicação nacionais: notícias para Jornal de Negócios, entrevista na CA Revista e notícias nas redes sociais das entidades organizadoras.

 


topo

Fonte oficial

 

Sítio Internet do prémio

Regulamento

 


Esta informação não dispensa a consulta do anúncio e regulamento oficial. Pedidos de informação sobre este prémio devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto poderá ser acedido através do link acima referido.