recomendar este canal

Da Peste Negra às Descobertas, o início da globalização europeia (Séc. XIV a XVI) - Em busca das raízes europeias do nosso património cultural

Em busca das raízes europeias do nosso património cultural - Da Peste Negra às Descobertas, o início da globalização europeia (Séc. XIV a XVI)
Em busca das raízes europeias do nosso património cultural - Da Peste Negra às Descobertas, o início da globalização europeia (Séc. XIV a XVI)
ver anexos
Anexos
ver Links Links relacionados
Organização CIEJD e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Dia 9 de abril, 15h, Igreja e Museu de São Roque (Largo Trindade Coelho).

O Centro de Informação Europeia Jacques Delors (CIEJD), do Ministério dos Negócios Estrangeiros, e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), propõem-se realizar o ciclo de encontros Em busca das raízes europeias do nosso património cultural cujo objetivo é relevar e debater as raízes europeias de três expoentes patrimoniais da SCML: a Igreja e Museu de São Roque, o Convento de S. Pedro de Alcântara e o Hospital Ortopédico de Santana.

 

O primeiro debate intitula-se "Da Peste Negra às Descobertas, o início da globalização europeia (Séc. XIV a XVI)" e ocorreu na Igreja e Museu de São Roque, ao Largo da Trindade.

 

Associar o debate de temáticas que marcaram os séculos XIV a XXI, comentadas pelos técnicos da SCML, é a metodologia do evento que se pretende participativo e aberto a todos os cidadãos.

 

Programa

 

15h00 Visita guiada à Igreja e Museu de São Roque, por Ricardo Máximo (Direção de Cultura da SCML)
16h00 Da Peste Negra às Descobertas, o início da globalização europeia (Séc. XIV a XVI), por Jorge Sequeira (Museu Geológico, Laboratório Nacional de Energia e Geologia). A apresentação prévia do orador será feita por Clotilde Pestana (Diretora do CIEJD).
16h20 Debate
17H00 Encerramento

 

Informações / Inscrições

 

Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Serviço de Públicos e Desenvolvimento Cultural. Direção de Cultura
Tel.: 213 240 869 / 886 /866

Visita guiada: máx. 30 pessoas

Palestra: máx. 60 pessoas