recomendar este canal

Prémio Crystal Scales of Justice

Prémio Crystal Scales of Justice
Prémio Crystal Scales of Justice
ver Links Links relacionados
Conselho da Europa e CEPEJ

Data limite: 2019-03-31

O Prémio Crystal Scales of Justice foi criado em 2005 e é organizado pelo Conselho da Europa e a CEPEJ. Em 2019, é lançada a sua 10ª edição.

 

Objetivos

Destinatários

Elegibilidade

Como participar

Cerimónia

Prémios

Mais informações

 


 

Objetivos

 

Identificar e promover práticas eficientes, inovadores e de qualidade no que diz respeito ao funcionamento da justiça, processos judiciais e organização dos tribunais.

 


topo

Destinatários

 

A competição destina-se a tribunais, Ordem dos Advogados, juristas, organizações não governamentais e qualquer outro corpo judicial ou membro do Conselho da Europa.

 

Nota: participantes do Canadá, Guatemala, Vaticano, Israel, Japão, Cazaquistão, México, Marrocos, Estados Unidos e Tunísia são elegíveis a concurso.

 


topo

Elegibilidade

 

As candidaturas apresentadas devem:

 

  • Ter contribuído para a melhoria da eficiência e qualidade do funcionamento do sistema de justiça;
  • Ser consideradas como práticas inovadoras efetivamente implementadas;
  • Poder ser aplicadas a outras jurisdições ou Estados;
  • Conseguir que a sua implementação tenha resultados mensuráveis.
 

 

Como participar

 
As candidaturas devem ser submetidas em inglês ou francês para o correio eletrónico cepej@coe.int. As candidaturas devem incluir o formulário de candidatura e um número limitado de documentos que os participantes considerem necessários.
 

 

Cerimónia

 

A Cerimónia de entrega do prémio será em Oslo, na Noruega, no dia 25 de outubro de 2019.

 


 

Prémios

 

O vencedor do Prémio será anunciado na Cerimónia de entrega do prémio.

 

São ainda atribuídas três menções honrosas.

 


topo

Mais informações

 

Sítio Internet do Prémio [en]

Vencedores 2017 [en]

Sítio Internet Conselho da Europa [en]

 


Esta informação não dispensa a consulta do regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto se encontra acima indicado.