recomendar este canal

Prémio Jacques Delors 2013 e 2014

Prémio Jacques Delors
Prémio Jacques Delors
ver anexos
Anexos
Documento PDF
Programa (129KB)
ver Links Links relacionados
Cerimónia de atribuição

No dia 3 de julho de 2015, pelas 11 horas, na Sala dos Atos, Reitoria da Universidade de Lisboa.

No passado dia 3 de julho, pelas 11 horas, teve lugar a cerimónia de atribuição do Prémio Jacques Delors 2013 e 2014, na Sala dos Atos, na Reitoria da Universidade de Lisboa.

 

A obra vencedora de 2013 tem por título «Inovação, Educação e Trabalho na Economia baseada no Conhecimento: Uma abordagem ao crescimento económico na Europa» e é da autoria de Ana Cláudia Formiga Fernandes Valente.

 

O estudo agraciado com o Prémio Jacques Delors procurou explicar a diversidade de níveis de rendimento e de ritmos de crescimento económico que se registou na Europa na última década, a partir dos contributos do capital humano e da inovação.

 

O Prémio compreendeu ainda a atribuição de três menções honrosas: à obra «Do Estado-Nação à União Europeia – Olhares Teóricos sobre a Experiência Pós-Nacional Europeia», de José Manuel Cabrita Vieira e Cunha, à obra «Conceitos de direito europeu em matéria societária e fiscal: interpretação autónoma e pluralismo jurídico» de Ana Gabriela Ferreira Rocha, e à obra «A Moeda Única Europeia: O papel do Euro no processo de integração europeia» de António Carlos Caldeira Galandim.

 

Na edição de 2014 a vencedora foi Filipa Sofia Soares Ferreira da Silva Fernandes, com a obra «O direito fundamental à ação e as suas implicações no contencioso da União Europeia pós-Tratado de Lisboa – por um ‘mecanismo europeu de resgate’ dos direitos dos particulares».

 

Foi atribuída menção honrosa à obra «Representação dos portugueses no discurso mediático europeu: as notícias sobre a crise financeira» da autoria de Irina Veríssimo Szeremeta.

 

A cerimónia de atribuição do Prémio e da apresentação das obras vencedoras e das menções honrosas, contou com a presença de Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal e Presidente do Júri, Clotilde Pestana, Diretora do Centro de Informação Europeia Jacques Delors e Isabel Salavisa Lança, Professora Associada de Economia no ISCTE-IUL.

 

Este Prémio tem o apoio financeiro do Banco de Portugal e a obra vencedora é publicada em co-edição com a Princípia.

 

Prémio Jacques Delors

 

A distinção tem por objetivo incentivar o aparecimento de obras inéditas sobre a União Europeia, em língua portuguesa. Abrange teses de mestrado e de doutoramento que não tenham sido objeto de publicação e é atribuído por um júri constituído por personalidades nacionais de reconhecido prestígio e mérito científico.

 

Saber mais | Prémio Jacques Delors