recomendar este canal

Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação

 Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação
Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação
Comissão Europeia

Um plano de ação que visa promover a inovação e as competências digitais nas escolas e universidades.

A Comissão Europeia apresentou a 25 de setembro de 2013 a iniciativa «Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação», um plano de ação que visa dar resposta às limitações digitais que impedem as escolas e as universidades de proporcionar um ensino de elevada qualidade e as competências digitais que 90% dos empregos exigirão até 2020. Para ajudar a lançar a iniciativa, a Comissão lançou o sítio Web Open Education Europa, que irá permitir aos estudantes, profissionais e estabelecimentos de ensino partilhar recursos educativos abertos de utilização livre.

 

Contexto

 

Entre 50% e 80% dos estudantes dos países da UE nunca utilizaram manuais digitais, software de exercícios, emissões de tv/podcasts, simulações ou jogos didáticos. A maior parte dos professores dos ensinos básico e secundário não se considera «digitalmente confiante» ou com capacidade para ensinar competências digitais com eficácia e 70% gostariam de receber mais formação para a utilização das TIC.

 

O ensino superior também enfrenta um desafio digital: com o aumento significativo do número de estudantes da UE na próxima década, as universidades têm de adaptar os métodos de ensino tradicionais e oferecer uma combinação de possibilidades de aprendizagem presencial e em linha, tais como os MOOC (Massive Open Online Courses, cursos abertos em linha), que permitem o acesso ao ensino em qualquer lugar, em qualquer momento e através de diferentes dispositivos. Mas verifica-se que muitas universidades não estão ainda prontas para esta mudança.

 

O plano de ação

 

O plano de ação «Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação» concentra-se em três domínios principais:

 

  • Criação de oportunidades de inovação para organizações, professores e estudantes;
  • Maior utilização de Recursos Educativos Abertos, assegurando que os materiais didáticos produzidos com financiamento público são acessíveis a todos;
  • Melhor infraestrutura TIC e melhor conectividade nas escolas.

 

As iniciativas associadas a este plano de ação serão financiadas com o apoio do programa Erasmus+, o novo programa da UE no domínio da educação, formação, juventude e desporto, e do programa Horizonte 2020, o novo programa de investigação e inovação, bem como dos fundos estruturais da UE.

 

Esta iniciativa está igualmente associada à Grand Coalition for Digital Jobs, uma plataforma multilateral para combater a falta de competências em TIC e preencher até 900 000 vagas de emprego neste domínio.

 

Saber mais

 

Comunicação da Comissão - «Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação» [en]

Abrir ao Mundo os Sistemas de Educação - Perguntas Mais Frequentes [en]

Sítio Web oficial - Open Education Europa

 


Última atualização: 2018-07-04