recomendar este canal

Prémio Cidade Acessível 2019

Prémio Cidade Acessível
Prémio Cidade Acessível
ver Links Links relacionados
Comissão Europeia e Fórum Europeu da Deficiência

Data limite: 2018-09-16

A Comissão Europeia convida à participação no Prémio Cidades Acessíveis, uma competição europeia que visa premiar as cidades empenhadas em proporcionar um ambiente acessível para todos, em especial para as pessoas portadoras de deficiência e velhice.

 

Destinatários

Como participar

Critérios de seleção

Prémios

Boas Práticas

Fonte oficial

 


 

Destinatários

 

O organismo concorrente deverá ser uma entidade governamental de uma cidade com pelo menos 50.000 habitantes de um dos Estados-Membros da União Europeia, que promova iniciativas que melhorem a acessibilidade para pessoas com deficiências em 4 grandes áreas:

 

  • Construções e espaços públicos;
  • Transportes e infraestruturas relacionadas;
  • Informação e comunicação, incluindo Tecnologias da Informação e Comunicação;
  • Instalações e serviços públicos.

 

Nota: Nos Estados-Membros com menos de duas cidades com essas características, as zonas urbanas constituídas por duas ou mais cidades cuja população conjunta exceda os 50.000 habitantes também poderão participar. 

 


topo

Como participar

 

As candidaturas deverão ser submetidas através do preenchimento de um formulário eletrónico disponível nas línguas inglesa, francesa e alemã (a indicar oportunamente).

 

A qualidade linguística não afeta a avaliação das candidaturas. O conteúdo das atividades na área da acessibilidade é o fator determinante para a conquista do prémio por parte das cidades candidatas.   

 


topo

Critérios de seleção

 

A seleção dos premiados tem lugar em duas fases distintas: uma pré-seleção a nível nacional seguida por uma seleção final a nível europeu. Na fase europeia da competição, um júri composto por especialistas em acessibilidade (incluindo representantes do Fórum Europeu da Deficiência) seleciona, entre os candidatos nomeados a nível nacional, os finalistas tendo em linha de conta o seguinte conjunto de critérios:

 

  • Âmbito das ações apresentadas;
  • Apropriação e nível de compromisso das candidaturas;
  • Impacto das iniciativas/ ações;
  • Qualidade e sustentabilidade dos resultados;
  • Participação de pessoas com deficiência e de parceiros relevantes.

 

Poderão ser selecionadas cidades para atribuição de menções honrosas.

 


topo

Prémios

 

Os finalistas serão convidados a estar presentes na cerimónia de entrega do prémio, que terá lugar durante a edição anual da Conferência do Dia Europeu das Pessoas com Deficiência, em Bruxelas.

 


topo

Boas práticas

 

O "Prémio Cidade Acessível" para 2018 contou com a participação de 26 cidades da UE tendo sido nomeadas as seguintes: Liubliana (Eslovénia), Luxemburgo, Lion (França) e Viborg (Dinamarca).

 

O "Prémio Cidade Acessível 2017" foi atribuído à cidade de Chester no Reino Unido. As cidades de Roterdão (Países Baixos) e Jurmala (Letónia), arrecadaram o segundo e terceiro prémio, respetivamente.

 

As cidades de Lugo (Espanha), Skelleftea (Suécia), Alessandria (Itália) e Funchal (Portugal) receberam menções honrosas.


O primeiro prémio 2016 foi para Milão (Itália), o segundo Wiesbaden (Alemanha), terceiro e com menção honrosa Toulouse (França) e por fim, foram atribuídas duas menções honrosas para Vaasa (Finlândia) e Kaposvár (Hungria).

 

Em 2015 o primeiro prémio foi atribuído à cidade sueca de Borås. Às cidades de Helsínquia (Finlândia) e Liubliana (Eslovénia), foi atribuído o segundo e terceiro prémio.

 

As cidades de Logronho (Espanha), Budapeste (Hungria), Arona (Espanha) e Luxemburgo receberam menções honrosas.

 

Na edição de 2014 o primeiro lugar foi atribuído à cidade sueca de Gotemburgo, que enfrentou na fase final as cidades de Grenoble (França) e Poznan (Polónia).

 

As cidades de Belfast (Reino Unido), Dresda (Alemanha), Burgos (Espanha) e Málaga (Espanha) foram distinguidas com menções honrosas.

 


topo

Fonte oficial      

 

Sitío Internet Prémio 2019 [en]

Sítio Internet Estratégia Europeia para a Deficiência 2010-2020 [en]

 


Esta informação não dispensa a consulta do anúncio e regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto se encontra no sítio Internet do prémio.