recomendar este canal

Prémio Norte-Sul do Conselho da Europa

Prémio Norte Sul
Prémio Norte Sul
ver Links Links relacionados
Conselho da Europa / Parlamento Português

Atribuição anual

Todos os anos, desde 1995, o Conselho da Europa atribui o Prémio Norte-Sul a duas personalidades distintas que que tenham mostrado um empenho de excelência na defesa e promoção dos Direitos Humanos, pluralidade democrática, desenvolvimento do diálogo intercultural e reforço da solidariedade entre norte e sul.

 

 

Objetivos

Nomeação dos candidatos

Destinatários

Como participar

Júri

Critérios de seleção

Prémio

Cerimónia de entrega

Fonte oficial

 


 

Objetivos

 

O Prémio Norte-Sul tem o propósito central de promover a proteção dos Direitos Humanos, da pluralidade democrática e do fomento da solidariedade e cooperação entre o norte e os sul, por intermédio do reconhecimento do trabalho desenvolvido por duas individualidades.

 


topo

Destinatários

 

Cidadãos, um grupo de cidadãos ou uma organização cujas atividades sejam consideradas dignas de distinção nos seguintes âmbitos:

 

  • Proteção dos Direitos Humanos
  • Defesa da Democracia pluralista
  • Promoção da consciência pública sobre temas como a solidariedade global e a interdependência, bem como o reforço da parceria Norte-Sul
  • Os candidatos são nomeados pelos seus feitos nos domínios cultural, institucional e político

 


topo

Como participar

 

Cada candidatura deve ter um ficheiro de, no máximo cinco páginas, contendo a seguinte informação:

 

  • Breve biografia do candidato (incluindo a identidade do candidato e as razões da nomeação)
  • Curriculum Vitae detalhado (com os dados pessoais do nomeado e uma descrição das atividades e feitos importantes)
  • Documentos que sustentem a candidatura, por exemplo cartas, artigos de jornais, publicações

 


topo

Júri

 

O painel é presidido pelo Presidente do Conselho Executivo do Centro Norte-Sul e é ainda composto pelos Membros do Gabinete do Centro Norte-Sul e pelo Secretário-geral do Conselho da Europa.

 


topo

Critérios de seleção

 

O prémio é atribuído a dois candidatos, um do hemisfério norte e outro do sul (preferencialmente uma mulher e um homem), que se tenham destacado ao longo do ano numa ou mais categorias do prémio.

 

Antes da lista de candidatos chegar ao júri, é enviada aos anteriores vencedores do prémio para que estes possam fazer uma análise e filtragem dos vários candidatos. Desta fase pré-eliminatória saem um máximo de dez candidatos (cinco do norte e outros tantos do sul) que serão avaliados pelo júri.

 


topo

Prémio

 

O prémio é honorário e consiste num troféu, fruto da criatividade de dois artistas, um do hemisfério norte, João Murillo, e outro do hemisfério sul, Lívio de Morais.

 

A escultura é constituída por três partes diferentes (dois moldes e a base) que depois são agrupadas, representando a união entre o Sul e o Norte. Cada um dos escultores é responsável pelo design de um molde e estes são esculpidos em dois tipos de pedra tradicional portuguesa (Estremoz e Negrais), a base é feita em madeira africana (Tola).

 


topo

Cerimónia de entrega

 

A cerimónia de entrega de prémios será em junho de 2017.

 


topo

Fonte oficial

 

Anúncio do Prémio Norte-Sul [en]

Regulamento do prémio [en]

 


Esta informação não dispensa a consulta do anúncio e regulamento oficial. Pedidos de informação sobre este prémio devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto poderá ser acedido através do link de acesso ao sítio oficial.