recomendar este canal

Prémios «Europa Nostra» para o património cultural

Europa Nostra
Europa Nostra
ver Links Links relacionados
Comissão Europeia / Federação Europa Nostra

Atribuição anual

O Prémio do Património Cultural da UE foi lançado em 2002, fazendo parte da implementação à época do Programa Cultura.

A Federação pan-Europeia para o Património Cultural Europa Nostra, devido à sua representatividade e à sua experiência e reconhecimento neste domínio, foi escolhida para gerir estes prémios.

 

Objetivos

Categorias

Critérios de seleção

Quem pode participar

Candidaturas

Prémios

Vencedores

Prémios nacionais

Contacto

Fonte oficial

 


 

Objetivos

 

Os Prémios Europa Nostra tem como objetivos promover elevados padrões e competências na prática da conservação do património cultural tangível e contribuir para aumentar o intercâmbio do conhecimento e experiência no âmbito do património cultural europeu.

 


topo

Categorias

 

Os prémios são atribuídos, anualmente, pela Comissão Europeia, em parceria com a Federação Europa Nostra, a realizações excecionais no património cultural europeu, nas seguintes categorias:

 

  1. Conservação
  2. Investigação
  3. Contribuição exemplar de um indivíduo ou organização
  4. Educação, formação e sensibilização

 


topo

Critérios de seleção

 

Cada categoria obedece a critérios específicos que se encontram disponíveis no convite à apresentação de candidaturas no sítio Internet da Federação Europa Nostra. Alguns dos critérios comuns são:

 

  • Excelência na execução e condução de pesquisa preliminar
  • Respeito pelo valor artístico, cultural e social
  • Atenção especial dada à sustentabilidade, interpretação e apresentação, trabalho educacional, financiamento e gestão e responsabilidade social

 


topo

Quem pode participar

 

Podem participar todos os países europeus, mas só podem receber o prémio monetário os que fizerem parte do Programa Europa Criativa da Comissão Europeia.

 


topo

 Candidaturas

 

As candidaturas podem ser apresentadas por quem possua autorização para tal do proprietário do edifício ou local, do autor do estudo ou do designado para o prémio. As candidaturas apenas podem ser submetidas novamente uma vez na mesma categoria.

 


topo

Prémios

 

Os prémios a concurso são os seguintes:

 

  • Os projetos vencedores de todas as categorias receberão diplomas e serão amplamente publicitados em toda a Europa
  • Os vencedores da categoria 1 serão galardoados com uma placa de bronze
  • Os vencedores das categoria 2 a 4 receberão uma estátua de bronze
  • Até 30 projetos do património e iniciativas notáveis serão distinguidos
  • Um dos prémios será eleito Prémio Escolha do Público
  • Prémio monetário adicional no valor de 10.000 EUR para até 7 realizações mais notáveis
  • Participação na cerimónia do Prémio do Património Cultural Europeu

 


topo

Vencedores

 

A lista com os vencedores anunciados, pode ser consultada aqui.

A cerimónia de entrega dos prémios alterna de local todos os anos.

A decisão final do júri é dada a conhecer através de e-mail.

 


topo

Prémios nacionais

 

Em 2017 Portugal foi distinguido na categoria educação, formação e sensibilização com o programa de mestrado em Análise Estrutural de Monumentos e Construções Históricas em Guimarães.

 

Em 2016, Portugal viu dois projetos premiados: na categoria de conservação, a reabilitação da Catedral e Museu Diocesano de Santarém; na categoria educação formação e sensibilização, o projeto de desenvolvimento sustentável do Planalto da Mourela no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

 

Em 2014, foram distinguidos dois projetos portugueses: Percurso histórico das Linhas de Torres Vedras na categoria 1 - Conservação e Programa radiofónico «Encontros com o património» na categoria 4 - Educação, formação e sensibilização.

 

Em 2013, foram quatro os projetos portugueses distinguidos: Liceu Passos Manuel, em Lisboa, e Chalet da Condessa de Edla, em Sintra, na categoria 1 - Conservação; Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, em Lisboa, na categoria 3 - Contribuição exemplar de um indivíduo ou organização; e Projeto SOS Azulejo, em Loures, na categoria 4 - Educação, formação e sensibilização.

 

Em 2012, o restauro dos seis órgãos históricos da Basílica do Convento de Mafra foi distinguido com o prémio na categoria 1 - Conservação.

 

Em 2010 e 2009, a cidade de Coimbra foi laureada com dois prémios de preservação do património cultural europeu pelo projeto de recuperação da Via Latina da Universidade de Coimbra e do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, ambos na categoria 1 - Conservação.

 

Em 2008, Portugal recebeu uma medalha na categoria 2 - Investigação - pelo trabalho de investigação realizado pelo Museu da Presidência sobre o Palácio de Belém.

 


topo

Contacto

 

Elena Bianchi

Heritage Awards Coordinator

Europa Nostra

eb [a] europanostra.org

+31 70 302 40 58

 

Teresa Tamen

Centro Nacional de Cultura

Representação da Europa Nostra em Portugal

ttamen@cnc.pt

+351 21 346 67 22

 


topo

Fonte oficial

 

Anúncio do prémio no sítio web Europa Nostra [en]

Vencedores 2017 [en]

 


Esta informação não dispensa a consulta do anúncio e regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto se encontra acima indicado.